domingo, 5 de outubro de 2008

Alemanha - Stuttgart, Munique e o Oktoberfest

Hallo meine Freunde!!! (Olá meus amigos, em Alemão) ;)

Conforme prometido cá estou eu para relatar minha ultima viagem à Alemanha.
Haviam alguns meses que eu já estava pensando em ir para o Oktoberfest em Munique, mas infelizmente tive alguns problemas de saúde na época de planejar a viagem (descobri que tenho uma hérnia de disco na L4 e a principio precisaria operar).
Passado alguns meses, me sentindo melhor e sob a pressão de meus amigos da Alemanha que moraram aqui na Romênia no primeiro semestre, resolvi olhar os preços da passagem. Absurdo!!! 450 euros ida e volta de Bucareste para Munique. Desanimei na hora.
Mais algumas semanas de pressão, chantagem emocional e curiosidade da minha parte, é claro, resolvi verificar as passagens de novo. Surpresa!!!! Promoção relâmpago da GermanWings com passagem de Bucareste a Stuttgart com a volta só a 20 Euros. Preço total 150 Euros ida e volta. Topei na hora... ;) Afinal, além de ir para a Oktoberfest, rever meus amigos e ainda conhecer Stuttgart, o berço do automobilismo, não tem preço!

Sai de Bucareste na quarta-feira direto do trabalho para o Aeroporto e quase perco o voo na correria. Acabei me confundindo com o aeroporto que deveria ir para pegar o voo. Sorte que lembrei de verificar na hora em que o onibus estava saindo do primeiro aeroporto e deu tempo de pedir o motorista para parar. Ufa... perder voo nos 45 do segundo tempo é pala de iniciante, vamos combinar ne...

Cheguei em Stuttgart debaixo de uma leve chuva que me fez lembrar um pouco das epocas da Bélgica, quando estava morando lá. Frio e bem triste.
No dia seguinte o tempo ainda estava nublado, mas pelo menos não choveu. Fui dar uma volta pela cidade e depois conhecer os museus da Mercedes Benz e Porsche.
Fiquei impressionado com o museu da Mercedes. Muita tecnologia para mostrar uma das marcas mais famosas do mundo do automobilismo. Tudo por 8 Euros... Achei caro, mas quem ta na chuva tem q se molhar né.
O museu da Porsche não me custou nada, mas além de ser longe pra caramba, não tinha muitos carros e era bem simplezinho. Eles estão construindo um outro que será talvez maior que o da Mercedes e da BMW. Um dia volto lá pra conferir.
No outro dia resolvi dar uma volta pela universidade que fica na periferia da cidade. Fiquei encantado com o tamanho do campus. A UFMG já era enorme na minha opinião, e posso dizer que esse campus dava umas 3 UFMGs. Tudo muito novo, com muito verde e uma enorme moradia estudantil. Conselho de amigo para os que querem estudar fora. Começe a estudar alemão. Além de terem as cidades com melhor infraestrutura para morar, as universidades são fantásticas e o governo tem muitas bolsas para estrangeiros, QUE FALAM ALEMÃO... ;) Eu já passei do tempo infelizmente... fica a dica pros mais novos...
Depois da visita a universidade, voltei pro centro da cidade para encontrar meus amigos, Tobias e Tanja. Eles chegaram 1 hora atrasados e após troca de abraços fomos logo entrando no carro em direção a Munique.
Essa foi a primeira vez que viajei de carro na Alemanha e deu pra sentir a sensação de rodar por uma Autobahn. Realmente não tem limite... os carros rodam a 160-200 km/h como se estivessem a 100-120 km/h.
As estradas são de 3 ou 4 vias, o que facilita o fluxo nessa velocidade, tive bastante inveja disso... não bastasse ter uma rede ferroviaria animal, que cobre todo o pais com linhas de alta velocidade, os caras tem uma malha rodoviária de altíssimo nivel. ahhhh se no Brasil fosse assim tb...
Chegamos em Munique no fim do dia e fomos logo pro alojamento que a AIESEC de Munique preparou para os gringos que iam pra la.
Ficamos em uma escola para deficientes auditivos, num ginasio coberto. Mais uma vez a infraestrutura impecavel.
No sabado as 6 da manha acordamos para nos preparar para o Oktoberfest.... é amigo... vida de cervejeiro não é fácil. Se chegar lá depois das 8 não consegue entrar mais não.
Dito e feito. Chegamos lá por volta de 8:15... se não fossem os contatos da AIESEC para entrarmos pela entrada VIP da tenda, estarimos do lado de fora pelo resto do dia.
As 9 em ponto, já estavamos dentro da tenda tomando um gelado e saboroso Maß (caneca de vidro com 1 litro de cerveja) e com menos 8,5 Euros no bolso (vale a pena... melhor cerveja que tomei nos ultimos meses).
A festa é muito animada e começa tranquilinha, com o povo todo sentado, conversando e tirando fotos. Passados 30-40 min, a bandinha típica Bavariana começa a tocar e o povo um pouco mais altinho (depois de um litro de cerveja, já dá pra rir né) começa a subir nas cadeiras e dançar, brindar, cantar.... uma bagunça total... mas bem animado..
Passadas 4 horas, eu já havia tomado 3 Maß e comido algumas iguarias interessantes, como um pretzel fabuloso e salsichas brancas servidas com mostarda doce.
Banheiros lotados a esta altura e bastante gente chapada... Eu ainda estava bem... hehe
Depois de mais 4 horas, a galera já estava esparrando, neguinho quebrando caneca ao brindar, eu dei uma pausinha pra revitalizar (tomei cerveja com limonada, ótimo revigorante para o Oktoberfest) e depois de alguns minutos já estava pronto para mais Maßs...
Mais 4 horas e totalizando 7 Maßs, era hora de ir pra casa recuperar do prejuizo. Cheguei no alojamento quebrado, tomei um banho e capotei. Meus amigos ainda foram pra balada, mas eu realmente não tinha condições para acompanha-los (não que eu estivesse bebado... mas tava cansadasso... beber é desgastante crianças... esse esporte é bem exaustivo).
Dia seguinte acordei cedo e fui para uma sessão de fotos pela cidade, relembrar a minha ultima passagem por Munique em 2005. Interessante, não reconheci muita coisa que vi... acho que minha memoria não é mais a mesma... ;)
Fim de tarde, voltar para o aeroporto pegar meu voo para Bucareste.
Um dia eu volto lá... Recomendo para todo mundo, não só a festa, mas também as cidades. Vale muito a pena!

Feira livre em Stuttgart


Museu da Mercedes Benz


Sede da Universidade (ex-palácio real)


Área verde dentro da Universidade


Schlossplatz - Stuttgart


Munique


Marienplatz


Munique de cima


Pose de turista


Chegada do carregamento... :)


Sede do confinamento cervejístico onde fiquei 12hs


Visão interna da tenda

Mais fotos no Flickr

Um comentário:

jaqueline disse...

Oi!
Você pode me dizer se existe trem de Stuttgart para Monique?
Estou pensando em pegar um avião de Madri para lá e de lá ir para Munique de Trem.
Você sabe me dizer?Onde posso comprar oline?
Você pode me falar desse alojamento tb, tem que fazer reserva, como é?
Obrigada, bjo!